Você sabe o que é Sindrome de Irlen?

13/06/2017

https://www.instagram.com/p/BQRclYQhpW4/?taken-by=andrezathans


Fiquem por dentro vocês mamães que possuem filhos em idade escolar!
Pessoas com dislexia visual normalmente apresentam intolerância à luz, principalmente à luz branca, fluorescente e faróis. Na leitura as páginas brancas ficam ofuscantes. Esse incômodo faz com que o processamento cerebral das informações, que chegam pela visão, se apresente de modo
distorcido, o que cria desconforto, dores de cabeça, irritabilidade, frustração,
insônia, distração, falta de visão em profundidade e de habilidade para detectar
a distância correta entre um objeto e outro, como degraus, escadas rolantes, na prática de esportes e até para dirigir veículos. Os escolares também enfrentam dificuldade em copiar e transcrever palavras do quadro para o caderno, do livro para uma folha de respostas e a velocidade de leitura também
fica comprometida.
As distorções de visão causam uma sensação de que, embora o centro da
visão esteja em foco, ao redor tudo se move ou fica desfocado. O exame
oftalmológico de rotina não costuma detectar casos de dislexia visual, pois o
centro de visão na leitura está nítido. O
esforço é muito grande quando o cérebro tem que bloquear essas sensações e ainda, ler para compreender. O resultado é um cansaço que tende a aumentar mais e mais à medida que a leitura se prolonga. É realmente desconfortável e muitas pessoas simplesmente desistem de ler, chegando a abandonar os estudos. A Síndrome de Irlen pode coexistir com outras dificuldades de aprendizagem, leitura e de atenção. Nestes casos o tratamento é multidisciplinar, envolvendo a ajuda de outros profissionais como pedagogos,
psicopedagogos, psicólogos, fonoaudiólogos e neurologistas.

Andreza Thans - Psicóloga Clínica